Desclassificar a Venezuela pra isso?! (ou Saudades de Zidade)

Padrão

Pois bem, amigos, hoje bateu uma saudade de ouvir torcedores e comentaristas dizerem que éramos fregueses da França, que Zidane era o carrasco do Brasil. Nem mais esse privilégio temos, nossos carrascos são made in Paraguai, mas falsificado mesmo é o nosso futebol.

É uma versão genérica de algo que foi vendido há tempos, antes realmente valioso e hoje está mais para uma aspirina falsiê com o preço de Aristab. Definitivamente, um cavalo paraguaio.

Nessa Copa América, lamento apenas pela coitada da Venezuela, que jogou com brio, foi pra cima daquela que já foi a melhor seleção do mundo e quase chegou lá. Sem falar nas jornalistas que ficariam como vieram ao mundo de acordo com os avanços de La Vinotinto.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Q_pAeav_nWc]

Mas é isso, nossa seleção é o que chamamos de arreia-lombra até nesses detalhes. Uma seleção metrossexual e frágil, técnica e emocionalmente. Nem vou me apegar a fazer análises táticas, pois elas são completamente dispensáveis.

Ou não… talvez essa seleção tenha se tratado de deixar a autoestima do brasileiro ainda ao nível do mar e evitado tomar outro 7×1, só que dessa vez da Argentina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s