Parreira é contra a vinda de Guardiola, logo, é inimigo do futebol brasileiro!

Padrão

Ao se pronunciar contra a vinda Guardiola – que é, senão o melhor, o treinador que faz seus times jogarem mais próximos do conceito de Seleção Brasileira -, Carlos Alberto Parreira não só demonstra ignorância, mas também desonestidade.

Tive o desprazer em participar de um curso para treinadores de futebol ministrado por Parreira. Trata-se de um arrogante ultrapassado, de rabo preso com o conservadorismo sanguessuga – ideológico e futebolístico – que afundou o nosso futebol. E que cobra caro para ensinar bobagens.

O autor do livro “Formando Equipes Vencedoras” – vocês entenderão a piada – usou um velho argumento para justificar sua opinião: “Uma coisa é dirigir o Barcelona, que só tem craque, tem recurso. Outra é no futebol brasileiro”. Balela! Uma coisa é dirigir o Barcelona, outra é ter em mãos uma geração brilhante como a de 2006 e não transformá-la numa equipe.

Além de clichê, esse argumento só faria sentido se a noção de treinador da Seleção fosse conceituada meramente como “um profissional que observa, convoca e escala jogadores de mês em mês”. Talvez tenha sido isso que Parreira fez durante suas duas passagens.

Diferente do que o único treinador a ser demitido durante uma Copa pensa, faz parte das missões de um técnico de seleção observar e coordenar toda a estrutura das seleções. Estabelecer metas e auxiliar, inclusive, em questões relacionadas à Liga. Principalmente sendo estrangeiro e podendo oxigenar o debate para a modernização do nosso futebol.

O problema é que sua soberba esquizofrênica (que nunca venceu um jogo sequer em Copas comandando uma seleção que não fosse a brasileira – inclusive sendo o único que foi desclassificado dirigindo uma anfitriã) nada mais é do que medo do profissionalismo, da ameaça do fim do provincianismo que mazela o nosso esporte.

O 7×1 combina mais com a personalidade e o currículo de Parreira do que com o de Scolari. E que todos tenham um dia a noção que fomos campeões em 1994 apesar e não graças ao treinador da ocasião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s